Extrato do espetáculo "Um FAX pra Colombo", de Denise Stocklos:

Começa com a mímica de uma mosca voando, Denise a mata, a come, a cospe. E diz:

"Tem gosto da necessidade de transformação. Dizem que em boca fechada não entra mosca. Eu quero a minha boca bem aberta, para falar sempre o que eu reflito, e para que entrem todas as moscas, pois entrego o meu organismo vivo para digerí-las e assim transformá-las...
(...)

Isso é teatro político? Redundância. Tudo é político: de quem você aceita seu pagamento mensal, o que você propaga com a sua atitude corporal, o que você faz com a sua voz...
"

e por aí vai... e por aí vamos!!

Pesquisar neste blog

Carregando...

A História das Coisas

Você conhece a (verdadeira?) história das coisas que você usa/compra/consome?A história do sistema econômico que está nos engolindo?

Está interessad@ em conhecer?

Assista, divulgue, transforme!

Aquecedor Solar de Baixo Custo


Para este inverno sair "barato"!

Facilíssimo de construir

Aquecedor de água a energia solar, para você mesmo montar. Veja o manual, participe do curso e multiplique essa idéia!

Substitui em grande medida o gasto do chuveiro elétrico, atende a caixas d´água de 200 a 1.000 litros.

E vem bem a calhar para os invernos frios e ensolarados de Teresópolis, onde os chuveiros elétricos aliás não dão conta!


Este projeto está sendo desenvolvido, desde janeiro de 1999, pela ONG Sociedade do Sol.


"Aos interessados no Aquecedor Solar de Baixo Custo (ASBC), sugerimos a leitura da Introdução à forma de disseminação da tecnologia do ASBC" no site da Sociedade do Sol, clicando na figura!


E no estado do Rio:



Contato: maurolerer@hotmail.com 

FAÇA PARTE DE UMA REDE DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

Mercados de Trocas em Teresópolis
Organizam
Ana Litardo e Rita MM


Agora sempre junto com o Cultura de Raiz!
Todo primeiro domingo do mês, pela manhã,
na Casa de Cultura!


Você vai gostar!

MERCADO DE TROCAS e ECONOMIA SOLIDÁRIA

Troque objetos, serviços, idéias, saberes!!
Economia solidária é aquela em que todos saem ganhando... pois o objetivo da troca é a satisfação de ambas as partes!
Promovendo o Consumo Consciente e
os 5 R´s:

Reutilizar o que for possível
Reciclar o que for viável
Reduzir o consumo e o lixo
Repensar produtos e sistemas produtivos
Recriar formas de viver mais harmoniosas com o meio ambiente!!

Pense em algo que você não usa mais e troque por algo que você nem sabe que deseja!

Troque discos, livros, brinquedos, jogos, roupas, adereços, artesanatos, itens de casa, ofereça aulas, massagens, palestras, poesias, consertos, concertos!Veja os Classificados de http://classificadosdetroca.blogspot.com/

Divulgue essa idéia!

"Você deve ser a mudança que deseja ver no mundo", Mahatma Gandhi

Segunda sem carne: nasce um movimento

Mas como deixar de comer carne pode fazer diferença?

Segundo um estudo da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), as emissões de gases-estufa associadas à cadeia de produção da carne representam um quinto das emissões totais mundiais.

Nada menos que 18% das emissões provém do desmatamento para a criação de pastagens, do transporte da carne e do processamento industrial do alimento, entre outros fatores.

Além disso, o excesso do consumo de carne pode aumentar a incidência de câncer, enquanto dietas ricas em frutas e verduras reduzem o risco de problemas cardiovasculares e diabetes.

Se a população total dos Estados Unidos não comesse carne às segundas, a redução das emissões seria equivalente a que ocorreria se todas as pessoas do país trocassem seus veículos comuns por um carro ultra-eficiente energeticamente, como o híbrido Toyota Prius.

A quantidade de água economizada seria suficiente para que cada pessoa enchesse sua banheira aproximadamente 20 vezes por ano, e se evitaria o consumo de 12 bilhões de galões de gasolina.

Já imaginou como estes números poderiam aumentar se todo o mundo participasse desta iniciativa?

“Os desafios que o mundo enfrenta são variados e complexos. Os recursos mundiais estão se esgotando, os ecossistemas se deterioram, o sistema financeiro cambaleia e muitas pessoas vivem em condições de pobreza. Diante destes desafios, o que cada um pode fazer pelo planeta?”, destaca o vídeo de apresentação da campanha.

http://www.youtube.%20com/watch?

A resposta vem em seguida: “A produção de carne é extremamente ineficiente, o que ameaça os recursos naturais e a saúde pública, e aumenta a emissão de gases do efeito estufa que estão acelerando o aquecimento global. Não pedimos que você se torne vegetariano nem se transforme em defensor dos direitos dos animais, mas apenas assuma o compromisso de não comer carne uma vez por semana. Nenhum outra ação é tão simples e poderosa para ajudar o planeta”.

Para participar da campanha, evite comer carne às segundas, há infinitas receitas vegetarianas para substituí-la. Tem até vatapá! Vejam clicando em http://www.vegetarianismo.com.br/sitio/index.php?option=com_content&task=category&sectionid=13&id=16&Itemid=38

Para mais informações: Meatless Monday (em inglês) http://www.meatlessmonday.com/
FAO: O impacto do gado sobre o meio ambiente (em inglês) http://www.fao.org/ag/esp/revista/0612sp1.htm

"Você deve ser a mudança que deseja ver no mundo"

Mahatma Gandhi

Respeite o futuro!
Colaboração Tatiane Freitas
A Carne é Fraca

Alguma vez você já pensou na trajetória de um bife antes de chegar ao seu prato? Nós pesquisamos isso para você e contamos neste documentário aquilo que não é divulgado. Saiba os impactos que esse ato - de comer carne representa para a sua saúde, para os animais e para o planeta. Com os jornalistas Washington Novaes e Dagomir Marquezi, entre outros.

DVD cor 54 min - Ano de produção: 2004 Legendas em inglês, francês, espanhol e português.

Recomendado para maiores de 14 anos.

Para assistir clique:
http://www.dailymotion.com/video/xnpmy_documentario-a-carne-e-fraca_animals

Nossas Nascentes Protegidas

Segundo diagnóstico da Fundação Getúlio Vargas que deu subsídios para a elaboração do Plano Diretor de Teresópolis, da água fornecida para o consumo na área urbana, 74% são captados pela CEDAE no Rio Preto, os outros 26% vêm das nascentas nas íngremes encostas que circundam a cidade.

Hoje felizmente essas nascentes encontram-se amparadas pelas Unidades de Conservação e respectivas zonas de amortecimento, que abraçaram a zona urbana de Teresópolis. São três unidades de conservação de proteção integral:

  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos
  • Parque Estadual Três Picos
  • Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis

Configurando um cinturão verde em torno da cidade, estas unidades de conservação podem facilitar o redirecionamento do desenvolvimento do município para uma forma sustentável, saudável para todos.

Agora precisamos falar sobre o Paquequer...

O QUE FAZER COM O ÓLEO DE COZINHA USADO?



RECICLAGEM DE ÓLEO DE COZINHA
Veja exemplos de solução:
ONG TREVO - SP
Ouvi falar também da Bunge Alimentos
Para saber quais supermercados estão participando do projeto, entre outras informações, ligue para o SAC – Bunge Alimentos: 0800-7275 544
.
.
O que antes era jogado fora, agora vira material de trabalho para os alunos de um curso no Horto escola Municipal em São Pedro da Aldeia que aprendem a fazer um sabão ecologicamente correto.
Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, o sabão ecológico também ajuda no orçamento de famílias: Com quatro litros de óleo usado é possível fazer doze barras de meio quilo de sabão. Cada uma pode ser vendida em média por R$ 2,50. Ou seja, se vender todas as doze barras, a pessoa pode lucrar R$ 30. Um bom lucro para quem gasta RS 10 para fazer tudo isso. O sabão pode ser usado uma semana depois de ser feito.
O repórter Vinícius Assis e o cinegrafista Willian Corrêa foram até o curso acompanhar todo o processo, a reportagem completa você confere no vídeo em:

http://intertvonline.globo.com/rj/noticias.php?id=1897
O curso para fazer o sabão ecológico é oferecido pela Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia no Horto Escola da cidade e as aulas são de graça. Os interessados podem fazer as inscrições no próprio local. O Horto Escola fica na Rodovia Amaral Peixoto, km 108, no bairro Balneário de São Pedro da Aldeia. O telefone para contato é o (22) 2627-8537.
Confira o passo-a-passo da receita do sabão ecológico:
Ingredientes:4 litros de óleo1 kg de soda cáustica (soda granulada)1 copo americano (200 ml) de fubá de milho 1 copo de açúcar3 litros de água, sendo 2 litros para dissolver a soda cáustica e 1 litro para dissolver o fubá com o açúcar separadamente
Modo de fazer:
Esquente o óleo e a água sem levantar fervura. Dissolva a soda cáustica na água. Coloque o óleo quente na soda dissolvida. Dissolva o fubá e o açúcar em outro recipiente e depois misture com a soda e o óleo quente. Misture tudo durante 30/40 minutos até que a mistura fique bem homogênea, neste passo, se quiser, pode acrescentar corante e aromatizante. Coloque a mistura em vasilhas plásticas e desenforme o sabão depois de 24 horas. O sabão pode ser usado uma semana depois de ser feito.
.
Quem sabe como substituir a soda cáustica por cinzas?

Sobre o Plano de Saneamento de Teresópolis - ACOMPANHE!


Fotos: Zé Waitz

Adacto Ottoni colabora:

"Se no sistema de tratamento de esgotos de tempo seco for utilizando as UTR's, ou seja, as Estações de Tratamento de Rio, eu não considero uma opção adequada, pois esta solução atua na consequência do problema, e não na sua origem.

Apresento "Unidades de Tratamento de Rio - questionamentos", um artigo que escrevi sobre o assunto, questionando as UTR's e sugerindo outras soluções mais baratas e com muito mais sustentabilidade ambiental para a revitalização real dos rios. Veja o artigo clicando aqui e baixando o arquivo "Unidades de Tratamento de Rio questionamentos.doc" ."


Esclarecimentos, por David Miller:

O Plano de Saneamento foi feito pela CEDAE e/ou o governo Petto. Em resumo, está propondo um projeto de "tratamento de esgoto" que vai utilizar, no mínimo, 2 conceitos questionáveis:

1) o tratamento do esgoto já despejado nos rios, ao invés de coletar e tratar o esgoto quando ele sai das casas O que admite a continuação dos problemas que o esgoto causa nos bairros onde é gerado (valas negras, contaminação dos rios e córregos, proliferação de ratos e insetos etc.)

2) a coleta deste esgoto nos rios através do sistema "tempo seco", o que significa, tratar uma relativamente grande parte da água do rio quando não tem chuva, e quase nada quando tem chuva (que é o caso na maior parte do ano em Teresópolis).

É possível que este Plano pode ser utilizado em parte, ou temporariamente, através da construção das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) propostas, mas com um prazo incluido no contrato da concessão que define quando estas ETEs vão receber esgoto diretamente dos bairros em vezes de tratar a água dos rios - quer dizer, uma estação está construida em 2010 para captar e tratar a água do Cõrrego Meudom, mas durante os próximos 5 anos a empresa constroi a rede de esgoto para os bairros desta bacia (principalmente São Pedro e Meudom), e em 2015 a ETE é adaptada para tratar o esgoto desta rede e pára de tratar o rio. Assim, sim, pode dizer que tem saneamento para estes bairros, e não somente o tratamento do esgoto que estes bairros jogavam no rio.

Acho que seria útil organizar reuniões das pessoas que tem idéias e opiniões sobre este assunto, para levantar este e outros aspectos da concessão do serviço de água e esgoto em Teresópolis. É possível que vai ter uma Audiência Pública sobre esta concessão dentro dos próximos meses, e que o Ministério Público vai permitir a população a contribuir com suas idéias sobre como deve ser o contrato da concessão e seu acompanhamento pela comunidade, e seria útil se já temos algumas idéias formadas até lá. Quem se interesse por acompanhar e participar deste tema, é só escrever para terrazopolis2@yahoo.com (David Miller).
.
Clique aqui e baixe o arquivo "Proj Saneamento for web.zip" para ver o projeto proposto pela CEDAE.

Criamos blogs para falar sobre o Plano de Saneamento de Teresópolis.
Clique na figura!


Adoção de Animais - Feirinhas de Adoção no estacionamento do Supermercado ABC

Se você tem um lar e carinho para um animalzinho carente...

as feirinhas são realizadas nos
primeiros e terceiros sábados de cada mês.


Entre em contato pelos telefones:
21 8787 0872 - Rosane
21 8898 1641 - Angela
21 9953 5352 - Julia
21 9965 4399 - Teresa

Conheça o site clicando aqui.

Pássaro legal é pássaro solto

Em 5 de março de 2009, a destruição de mais de mil gaiolas na praça da Matriz marcou o lançamento de campanha de conscientização ambiental

Em apenas dois meses 530 pássaros silvestres foram apreendidos em Teresópolis durante operações da campanha “Pássaro Legal é Pássaro Solto, uma ação conjunta do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Parque Estadual dos Três Picos, do INEA – Instituto Estadual do Ambiente, do IBAMA e da secretaria do meio ambiente.

A campanha foi lançada oficialmente na última quinta-feira, dia 05, na Praça Baltasar da Silveira, com a entrega de material informativo e a destruição de mais de mil gaiolas recolhidas neste ano.

Na ocasião, uma gaiola grande foi colocada à disposição do público para que pudesse experimentar um pouco do aprisionamento sentido pelos pássaros. Várias crianças aproveitaram a oportunidade e ficaram durante poucos minutos na gaiola.

Pássaro legal é pássaro solto

Prender, caçar, perseguir, apanhar, comercializar ou danificar pássaro silvestre é crime, em conformidade com o decreto 6.514 de 22 de julho de 2008. O crime prevê multas de 500 a 5.000 reais, em caso de pássaros em extinção como o chanchão. Quem tiver esses animais trancafiados também pode fazer a entrega voluntária e não será penalizado por isso.

Para a entrega voluntária ou denúncias os teresopolitanos podem entrar em contato com o Parque Nacional através do telefone (21) 2152.1100 ou acessar o site www.icmbio.gov.br/parnaso.