Extrato do espetáculo "Um FAX pra Colombo", de Denise Stocklos:

Começa com a mímica de uma mosca voando, Denise a mata, a come, a cospe. E diz:

"Tem gosto da necessidade de transformação. Dizem que em boca fechada não entra mosca. Eu quero a minha boca bem aberta, para falar sempre o que eu reflito, e para que entrem todas as moscas, pois entrego o meu organismo vivo para digerí-las e assim transformá-las...
(...)

Isso é teatro político? Redundância. Tudo é político: de quem você aceita seu pagamento mensal, o que você propaga com a sua atitude corporal, o que você faz com a sua voz...
"

e por aí vai... e por aí vamos!!

Pesquisar neste blog

Nossas Nascentes Protegidas

Segundo diagnóstico da Fundação Getúlio Vargas que deu subsídios para a elaboração do Plano Diretor de Teresópolis, da água fornecida para o consumo na área urbana, 74% são captados pela CEDAE no Rio Preto, os outros 26% vêm das nascentas nas íngremes encostas que circundam a cidade.

Hoje felizmente essas nascentes encontram-se amparadas pelas Unidades de Conservação e respectivas zonas de amortecimento, que abraçaram a zona urbana de Teresópolis. São três unidades de conservação de proteção integral:

  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos
  • Parque Estadual Três Picos
  • Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis

Configurando um cinturão verde em torno da cidade, estas unidades de conservação podem facilitar o redirecionamento do desenvolvimento do município para uma forma sustentável, saudável para todos.

Agora precisamos falar sobre o Paquequer...

2 comentários:

Tata, para os íntimos. disse...

Parabens pelo blog Rita! te linkei no meu.
Abracos.

Aquecimento global disse...

pow rita, parabens me ajudou mtmtmtmtmtttmt mesmo
bjus